Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Incógnita é o Teu Nome


Difícil definir realmente você,
Que chega, assim, sem pedir licença...
Não diz a que veio, misterioso e impetuoso,
Com um leve toque de cumplicidade e petulância.

Quantos de você existem realmente?
Às vezes me confundem seus gestos e suas atitudes...
Palavras, só palavras não definem quem realmente és,
Queria olhar-te nos olhos, para tentar conhecer-te.

Somos sim, muito semelhantes e nos identificamos,
Ambos defendemos nosso pensar ferrenhamente,
Mas, é tão gostoso quando ficas emburrado,
E depois voltas, todo gentil, com um beijo estalado...

Mas, tens um gênio insuportável, menino lindo,
Quando resolves empunhar espada da verdade absoluta...
Aí, te faltam a sensibilidade e a humildade,
De permitir que outrem te exponha uma realidade.

De outras tantas, e na maioria das vezes, és adorável,
Doce, atraente, gostosamente charmoso.
É quando me trazes o teu delicioso carinho,
E, juntos, compartilhamos um tempo memorável...

Quem é você, afinal, e a que vens???
Ainda não sei realmente definir-te...
Mas, adoro tê-lo perto, sempre, és tão gostoso...
Então volta, que está me fazendo muita falta!!!

(escrito aos 27/01/2005 – 13:30 horas)
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 07/04/2006
Reeditado em 05/07/2009
Código do texto: T135095
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1035345 leituras)
72 áudios (109738 audições)
30 e-livros (56853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:42)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor