Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENINA = TÂNIA AILENE

MENINA...
TÂNIA AILENE

Queria ser a menina
esperando o ônibus da escola
com a lancheira dos sonhos
a meia 3/4 bordada pela minha mãe...
Escrevendo o hino nacional 100 vezes
no feriado do 7 de setembro
por puxar o cabelo da colega...
Gente quanta saudade....
Da menina levada e fresca mesmo.
Sabe aquela que não se misturava
com as que eram menos inteligentes
ou que só falavam besteiras
essas não me serviam como companhia.
Veio a adolescência
parece que me tornei pior, escolhendo mais.
Éramos 3 meninas amigas, juntas
cada qual com uma beleza singular
mas as antipáticas do colégio inteiro
pelas meninas...
Para os meninos as mais cobiçadas...
Tudo de bom ali estava:
Juventude, beleza, bom gosto
e alegria no futuro...
Era novidades, descobertas imediatas
paixões avassaladoras
professores encantados com o riso franco
uniforme com três estrelas
chamava atenção de qualquer rapaz...
A vida foi passando
a menina se tornou mulher
cada vez mais seletiva com casa, amigos
caprichosa com a vida...
Até o sofrer sempre foi escondido
choro mas ninguém vê as lágrimas.
Hoje se o tempo voltasse
faria muita coisa igual...
Mas teria mudado o final da história..
Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 08/04/2006
Código do texto: T135640
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30277 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:08)
Tânia Ailene Nua Poesia