Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

bandyda

bandyda

Num dia distante
Não tão distante assim
Uma menina bandida
Que nem tão bandida era
Mas bandida o suficiente
Para invadir meu mundo
Com suas poesias
Ficando ali pertinho de mim
Escondida entre cravos e rosas
Mas, não por muito tempo.
Pois sua rara beleza era um fato.
E jamais passaria despercebida
Gerando ciúmes entres as flores
Que passaram a brigar com ela
Mas ela não fugiu, bateu o pé.
E ficou por ali, soberana.
Entre flores poesias e poetas
Mostrou que ela poderia ser
Uma bandida diferente
Em vez de arma, usa um lápis.
Para escrever, em suas mensagens.
A fé, o amor e a esperança.
Bandida porque nos faz amar
Cada poesia sua que lemos!

Delicuente:

Un día distante
No tan distante así
Una niña delincuente
Que ni tan delincuente era
Pero delincuente el suficiente
Para invadir mi mundo
Con sus poesías
Quedándose allí pertinho de  mí
Escondida entre claveles y  rosas
Pero no por mucho tiempo
Pues su rara belleza era un hecho.
Y  jamás pasaría desapercibida
Generando celos entres las flores
Que pasaron a  pelear con ella
Pero ella no huyó, batió el pie.
Y  se quedó por allí, soberana.
Entre flores poesías y  poetas
Mostró que ella puede ser
Una delincuente diferente
En vez de  arma, usa un lápiz.
Para escribir, en sus mensajes.
La  fe, el amor y  la esperanza.
Delincuente porque nos hace amar
Cada poesía suya que leemos!

Volnei R. Braga


amiga:
eu não sei até que ponto vai a nossa amizade,
ms mesmo assim eu faço esta homenagem a você,
espero que me compreenda, se te escrevo este
é porque você merece, um beijo neste seu coração
bandydo...

pelotas 09/04/2006


 

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 09/04/2006
Código do texto: T136517
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:19)
Volnei Rijo Braga