Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Borboletas de Amizade

Dedicado a todos os amigos que me fogem, a todos aqueles que os km's teimam em afastar...
Para todos vocês que tanto gosto e com quem não posso estar, vão estas palavras de solidão

Passaros e borboletas voam em torno de mim
Instantes de néctar e pólen
Essência pura das flores
Asas lustrosas de mil cores me encantam

No seu rodopio mágico envolvem-me
Como as nuvens abraçam o sol
Ou como o vento sussura para as folhas
Naturalmente sem nunca cessar

Deslumbram-me e fascinam-me
Condenam-me a mil ilusões em cada chilrear
Num pestanejar colorido
Cheio de Vida, Alegria e Cor

Depois subitamente voam para longe
Vão alegrar almas solitárias
Dançando em torno das suas tristezas
Colhendo-as e levando-as

Meus pequenos colibris de Luz
Que se afastam para Sul cantando
Num voo interminável que não cansa
E que por isso não vos traz de volta

Papagaios lançados ao vento
Sonhos repletos de desalentos
Na solidão amarga e escura pergunto:
Onde estão os meus passaros?

Borboletas de saudade
Sempre em fuga, sempre de partida
Num vaivém frenético e desenfreado
Que me assusta e me entorpece

Voem de volta até mim...
Sonya
Enviado por Sonya em 12/04/2006
Reeditado em 21/07/2006
Código do texto: T138034
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:45)
Sonya