Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO PASSA

Poema baseado nalguns poemas da Sónia (Sonya) e por isso mesmo a ela dedicado
O TEMPO PASSA

E eu abro mais uma janela
Do compartimento que sou
Para ver para além dela

O tempo passa

Pela simples e única razão
Das barreiras interiores
Serem a nossa mais obscura prisão

O tempo passa

Nunca para de passar
Levando-me nos seus braços
De história e algumas rugas
Para algum lugar
Onde ache eu bem me dar

O tempo passa

Mal me quer
Nesta longa e louca lotaria de afectos
Onde eu não sei bem
Quem me aceita
E aos meus imensos projectos
Daquilo que sou
E de que quero ser
Ideias de coisas novas
Que procuro quem as possa merecer
Porque se perdido pareço
Perdido nunca muito tempo estou
Mal saia do emaranhado das emoções
Por onde esse tempo me levou
Dado que acima de tudo
Procuro manter sempre a cabeça à superfície da água
Das imensas tempestades onde navego
Sem nenhuma mágoa
Pois ela ficou no fundo do oceano onde um dia me quiseram lançar
Sendo eu um sobrevivente
Que a porto seguro acaba sempre por chegar
Porque a realidade só é inimiga
Se uma pessoa para a submeter nada faça
Somos os heróis do destino
E sorrimos por isso quando alguém nos diz:

O tempo passa
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 14/04/2006
Código do texto: T138926

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:54)
Miguel Patrício Gomes