Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A GUARDIÃ DOS SONHOS

À Sónia Princesa Imperatriz Borboleta Rainha, à qual pedi emprestado o título de um lindíssimo conto/poema que tive a suprema honra de ler, e foi ele que me inspirou as seguintes linhas
A GUARDIÃ DOS SONHOS

Que vivia nas mais belas pastagens
Que um ser pode ter
Vivia nas pastagens da alma
Nas quais tudo é, tudo podia ser

Entre o céu a Terra fica esse lugar
Mas só dentro das poucas pessoas
Que lá saibam estar

Cada sonho era por ela amado
Como se fosse o derradeiro
Podiam estar a morrer de velhinhos
Mas eram únicos, todos iguais
Pois eram todos verdadeiros

Cada um contava uma história
De um futuro
Muitas vezes impossível
Ela sabia-o mas não os descurava
Pois até onde a leva a memória
Ela sabia
Que por detrás duma utopia
Pode vir uma vitória
Cada sonho que nunca o chegou a ser
É pai e mãe doutro bem real
E tudo depende apenas do nosso crer
Pois cada aurora que nasce
Conta uma nova história
Com outras personagens
Mas com o mesmo sonho
Que nos leva à desejada glória
E ela lá está
Para não deixar a fantasia morrer
Princesa Borboleta
Alma principal
Que todos os sonhos merece ter e concretizar
Ela devia e merece
Estar
Onde a felicidade habite
E a tristeza ser apenas uma recordação
Onde as trevas sejam uma nunca
Colocada questão
Simplesmente porque é :

A Guardiã dos sonhos
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 30/05/2006
Código do texto: T165778

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:08)
Miguel Patrício Gomes