Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recomeço

Hoje, a vida não a deixa dizimar pelas circunstâncias,
embora seja o que vem à tua mente
e empalideça teus ares abruptamente,
tornando vazia tua bagagem de esperanças.

Porque o hoje é, da vida, uma fração
que se assoma ao mosaico de teu amanhã;
portanto, não te deixes vencer pela desilusão,
nem suplanta os risos de tua face louçã.

Ontem, será outro dia, já vencido,
de viver não mais passível;
não obstante a conquista no amor seja plausível,
os sonhos e os planos carecem ser redefinidos.

Pois o que te aguarda doravante,
já que és assim tão magnífica,
são dias de uma vida lúdica,
ancorada num oceano de amor constante.

Mesmo que à primeira vista
teus olhos enxerguem tudo opaco
e a separação subtraia de ti os abraços
e o mundo a ti se apresente estranho.

Ainda assim, vale a pena alimentar-se de novos sonhos.
O ontem e os desencontros são páginas viradas
de um livro que ornamenta a caminhada
e o presente e o futuro de abençoadas conquistas.

Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 01/06/2006
Código do texto: T167237
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
146 textos (4844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:18)
Cid Rodrigues Rubelita