Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACORDA

Poema 589
À Sónia Princesa Imperatriz Borboleta Rainha porque a tua tristeza me deixa apreensivo e a alegria convencido que de facto a vida é um dom que devemos viver, o resto…é apenas um mero cenário nessa vida…
ACORDA
Porque lá fora
Desponta e vive
Uma bela Aurora
Acorda
Diz-me onde está o infinito
Que eu até ele te seguirei
Crio o impossível
E a falsa crença contigo vencerei
Acorda
Tens o dom da imensidão
Do tamanho do que sou
De toda a minha imaginação

Acorda para essa realidade
Abre as tuas imensas asas
Bebe o som da tua interioridade

Beija o impossível
Como quem respira
A tristeza em ti é vã
Plenamente risível

Lança as borboletas do teu olhar
Para a tua vida
E deixa-te assim esse quadro belo observar
Sem tempo
Sem dor
Sem qualquer tipo de lamento
O brilho que deitas sem saber
É a tua cura
Teu secreto unguento
Rainha de territórios a descobrir
Imperatriz sobre tudo
Quando sabes sorrir
Contigo
A palavra companhia ganha uma outra dimensão
Contigo sinto-me entre as minhas estrelas
Sinto-me em imensa comunhão
Por isso te digo
Acorda desse teu limbo aterrador
Estendo-te a mão
Porque embora não o saibas
Mesmo longe estou a teu redor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 05/06/2006
Código do texto: T169630

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:44)
Miguel Patrício Gomes