Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Quando Me Imaginar

Lembre-se que sou do tamanho de teus pensamentos,
Posso ser o sorriso largo que necessitas,
Aquele risinho gostoso, alegre que te ilumina a alma,
Ou quem sabe, talvez, o sorriso calado que esquecestes de soltar.

Quando me imaginar...
Escute a minha voz dando-te forças nos minutos em que o sol se fecha,
Voz macia em teus minutos de enlevamento,
Nos teus momentos de mesclagem com teu "eu" interior,
Ou quem sabe, talvez, brincalhona, te fazendo gargalhar.

Quando me imaginar...
Saiba que meu coração é enorme, límpido, transparente,
Apto aos amigos escutar e quem sabe poder ajudar,
Amando-os mesmo sem os conhecer,
Sentindo nas linhas recebidas,
Lendo nas entrelinhas, a alma de quem está a me teclar.

Quando me imaginar...
Lembre-se que só colhemos o que plantamos,
E se sou, como achas que sou
É porque sou reflexo, do amplexo de seu amor Universal.

Quando me imaginar...
Saibas que estou amando essa comunhão de pensamentos,
Almas fraternas que se misturam em linhas,
Fechando círculos antes abertos,
Formando uma corrente energética,
Na sensibilidade de dois corações poetizados.


Sandra Wajman Grüner
Sandra Wajman Gruner
Enviado por Sandra Wajman Gruner em 26/06/2006
Código do texto: T182411
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Wajman Gruner
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
116 textos (7134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:57)