Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantiga da Amizade (II)

Durma tranqüila, minha criança,
E não te preocupes com nada.
Quando acordares
De manhã cedinho
Eu estarei aqui, bem ao teu lado
Zelando por teu sossego.
Admirarei o riso que esboças
Na alegria dos teus sonhos.
Te afagarei os cabelos
E com um beijo direi bom-dia!
Trazes contigo ao acordar
As luzes e as cores
Que dão brilho à vida.
És a serena paz de uma bucólica paisagem
Em sua completa pureza.
Dorme, dorme, minha criança, e aproveita
Toda a virtude da inocência
Antes que as nuvens negras da inveja
Tragam-te os pesadelos e a insônia.
Antes que as dores desse mundo
Machuquem o teu pueril coração.



Edmar Claudio
Enviado por Edmar Claudio em 11/07/2006
Código do texto: T191598
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmar Claudio
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
217 textos (25400 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:06)
Edmar Claudio