Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Generosidade

Se as brumas tocassem teu peito

fazendo fluir o líquor,ainda viscoso, do desprendimeto;

sairias pelas ruas, leve humano, a derramar belos olhares,

deixarias teus longos braços ao sabor fácil do enlace

e se um beijo ingênuo tocasse tua face,

ah! o rubor

te daria o sinal dos sentimentos.

Entrega-te agora à gentileza

libertando os nós atados pela humanidade.

A generosidade é a carta de alforria

é hora de romper as amarras

e com simplicidade praticar o ser solidário

perdido na modernidade

entre e-mails, sites e indelicadezas.

Deixe a mostra  teu sorriso

destruas as metas e objetivos

deixe vingar o subjetivo, onde minam os sonhos

nascentes do viver

brindemos o fim da escravidão.

hervulus
Enviado por hervulus em 17/07/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T195827
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
hervulus
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
13 textos (761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:27)
hervulus