Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

um velho ombro amigo

um velho ombro amigo
 
Olá amigo
 
mais uma vez o tempo nos pega assim
tão distante um do outro
não digo só da distância fisica,
mas, principalmente, espiritual
porém uma verdadeira amizade não tem fim
ela é sempre atual
 
alguém especial me perguntou o que é amar
então me veio na cabeça você
o amor entre dois amigos é triunfal
nos faz a vida repensar
e considera-la, como ela é, natural
 
Aí pensei também no amor de forma carnal e...
buscando na lembrança
relembrei os momentos
em que partilhamos as nossas fossas
as suas paixões quase sempre impossíveis
e as minhas tão possíveis quanto a suas
 
lembrei-me de algo que hoje parece engraçado
as nossas paixões pela mesma garota
incrível... como isto podia acontecer
entre dois amigos que curtiam a vida
sempre juntos e de repente...
dividiam os mesmos desejos
pelas mesmas garotas e aí...
tomavamos aquele porre apaixonados.
 
E a garota?
trocavamos pelo primeiro copo de cerveja
era inaceitável que um de nós a conquistassemos
e depois como um iria curtir a fossa
sem o outro para dividir...
as mesmas emoções...chorar...
cantar músicas apaixonadas
e tomar aquela gelada
 
E de repente me veio na mente
algo ainda engraçado
algumas garotas que ficavam com o de nós
se sentiam tentadas a ficar com o outro
e aí... tornou-se rotina...
 
até que um dia surgiu a minha garota especial
e você que antes até pensara conquista-la
a viu de mãos dadas comigo e...
como bom amigo que era,
percebeu que ela havia me fisgado
e você compreendeu e respeitou.
 
amor...
não conheço algo tão doloroso e gostoso de sentir
vou amar sempre... sem medo de ser feliz
pois hoje percebo o quanto é importante tentar
e mesmo quando sofri... fui feliz
porque tinha um ombro amigo para chorar.
 
Descobri que os "amores" vão e vem,
mas os verdadeiros amigos ficam para sempre
e é melhor perder um grande amor
do que um ombro amigo
e do seu sinto saudades.
 
Fernando Rocha
Enviado por Fernando Rocha em 27/07/2006
Código do texto: T203488
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Rocha
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 47 anos
43 textos (25632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:49)