Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DISPARATES

À Sónia Princesa Imperatriz Borboleta Rainha, Doce amiga que eu gosto desde o princípio dos tempos e que só irei deixar de gostar no final desses infinitos tempos
                                   DISPARATES

Que me dizes
Quando te equiparas
A nada
Tu para mim és um Universo
Pessoa imensamente adorada

Porque em ti
Brilha o esplendor
De mil planetas
Que retratas tão bem
Nas tuas amadas borboletas

Porque
Na tua suave imensidão
Possuías a nobreza das coisas belas
És pura harmonia
Sendo que és imanente
À mais sublime poesia

Porque
O teu lindo sorriso
E a tua doce voz
Para quem te conheça
E te dê valor
Sabe que nunca estamos sós

Porque
Melhor do que a tua companhia
É saber
Que contigo
Ganha a dimensão
A palavra Amiga
Por isso me revolta
Quando ouço
Que não acreditas
Em ti
E que desabafas dislates
És demasiado imensa
Para ires ao poço
E por isso
Fico triste
Quando fazes
Ou pensas

Disparates…

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 29/07/2006
Código do texto: T204734

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:59)
Miguel Patrício Gomes