Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVINA

À Sónia Princesa Imperatriz Borboleta Rainha, Doce amiga que eu gosto desde o princípio dos tempos e que só irei deixar de gostar no final desses infinitos tempos
                                  DIVINA

Nas tuas imensas borboletas
Que até conseguem
Entrar
Nos meus distantes
E algo tristes planetas

Divina

Na dança
Que fazes com o teu olhar
Onde pequenas
Mas imensas sardas
Que estão no teu rosto
Nas tuas belas asas
Não me param de fascinar

Divina

Nas tuas pequerruchas coisas
Que tornas
Na tua simplicidade especiais
Levando
A que a ti
Não haja nada igual

Divina

Na honra imensa
Que ocupa o teu coração
Vives nela e para ela
E essa é a tua crença
Que te torna
Tão única
Tão sublime
Nas saudades que eu tenho
E que nunca vou deixar de ter
Doce borboleta
Nunca te quero perder
Porque és uma presença
Que em mim domina
És aquilo que sabes
E também amiga
És a imensidão
És

Divina
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 01/08/2006
Código do texto: T206579

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170346 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:00)
Miguel Patrício Gomes