Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na janela do mundo

Hoje acordei meia triste
sem vontade de ver o sol
uma preguiça arretada
tomava conta de mim

Da cozinha o aroma do café
inebriou a casa e aguçou
meu paladar que meio insosso
ao primeiro gole avivou-se

Abri a janela para o mundo
adivinhem quem logo surgiu
aquela amiga sempre pronta
a me abraçar com carinho

E de repente na prosa toda
percebi profunda tristeza
ela me disse das amarguras
sentidas na noite anterior

Problemas pelo qual passava
sem solução e nem tréguas
a preocupavam tanto mas..
Deus haveria de cuidar

Trocamos muitas idéias
e até possíveis soluções
e senti que a esperança
retornou ao seu coração

Nos despedimos contentes
pelas novas perspectivas
fechei a janela do mundo
e fui andarilhar ao sol

Santos, SP
15/08/06
08:00 hs





 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 15/08/2006
Reeditado em 17/08/2006
Código do texto: T217426
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:48)
Guida Linhares

Site do Escritor