Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A M I G O S

(Dedicado à família Azeredo Andrade)

Numa visita* que lhes fiz,
Descobri amigos preciosos
E me senti muito feliz.

Fui visitá-los  porque sou pescador,
Pesco de um modo diferente,
Minha isca é o amor.

Não uso rede ou anzol,
Pesco para o meu Senhor.
Trabalho com chuva ou com sol,
Pesco aliás, para o Senhor nosso.

Trabalho muito, argumento,
Escrevo até poesias,
Faço o que posso.

Minha pescaria é diferente,
Não preciso ir ao mar.
Nele existem muitos peixes,
Pessoas eu quero pescar...

Falo de amor e perdão,
Sou pecador redimido
Quero ajudar o meu irmão.

A exemplo de Pedro,
Deixei a rede de lado.
Aquele que pesca gente,
Se sente gratificado


 PS* Numa visita que só aconteceu no plano emocional.



Jorge Gil
Enviado por Jorge Gil em 26/08/2006
Reeditado em 20/09/2008
Código do texto: T225737

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o lin para a obra total.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Gil
Goiânia - Goiás - Brasil, 79 anos
867 textos (45732 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:05)
Jorge Gil