Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades


Saudades daquele tempo
Que sonhar era permitido
Onde o bom era o proibido
Que as idéias vinham com o vento...
A vida era só alegria
Brincava de noite e de dia
Nada era sério
Tudo era riso...
E hoje esse mistério
Rondando a juventude
Que vive na inquietude
De querer crescer depressa...
Hoje olho pra trás
E vejo que a vida era boa demais.
Não tenho inveja do mundo de hoje
Onde tudo é avançado
Bom era o meu tempo onde tudo era engraçado
Sorrir era uma constante
Saudades destes instantes
Em que viver era esperar o futuro
Fazendo inesquecível presente
E que hoje felizmente
O que contar não falta
Deste tempo que não volta
Mas ficará nas recordações
Para todo sempre...

                             N.F.S


Nelciene Santos
Enviado por Nelciene Santos em 06/09/2006
Código do texto: T233697

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Textos: Nelciene Santos http://recantodasletras.uol.com.br/autores/poesinel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nelciene Santos
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil, 44 anos
1098 textos (68609 leituras)
1 e-livros (34 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:14)
Nelciene Santos