Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HINO DE AMIZADE

A amizade é um dom
A falsidade é um espinho
Procura pois no caminho
A virtude de ser bom…
A amizade é carinho!

Deitar sementes à terra
À terra dos sentimentos
Uns provocam a guerra
Outros os ressentimentos…
Perdem-se umas no caminho…
Nem sempre se tem produtos
Há raízes de mal daninho…
Nem sempre se colhem frutos!

Não é bom quem não confia
E mau é,  quem não venera
É um fruto  de valia…
Falsidade,  é vã quimera
Tu tens essa regalia,
Dentro do teu coração
Amizade é simpatia…
Que sentes p’lo teu irmão.

A mais bela sementeira
Que se dá sem exigir…
Para se dar a quem queira
Nossa Amizade a florir…
A amizade à distância,
Não desilude quem espera
Quem confia, quem venera
Renasce na nossa infância.

A vida pode parar
A vida deixa saudade
Mas a Amizade sim,
Nunca se aparta de mim
Tem no coração um Altar!
É do Amor a promessa
Da paixão continuadora
Vive e não se confessa
E é tão prometedora!

Na fusão dos sentimentos
Ela nada complica
Assiste a todos os momentos
E no coração nos fica!
Se eu pudesse mandar
Toda a riqueza da Terra
Para  os pobres ajudar…
Eu acabava essa guerra.
Guerra de ódio e falsidade
Que domina o mundo inteiro
Minha pobre Humanidade
Sem ter amor verdadeiro!

Dinheiro, cheques, capitais
Numa luta sem igual
As posições sociais…
Não passam dum pedestal!
Não valem esse tesouro!
Em voos de liberdade…
Eu poria  em Trono de Ouro
A Verdadeira a Amizade!


Maria José Fraqueza - Portugal
zezinha
Enviado por zezinha em 09/09/2006
Código do texto: T236217
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zezinha
Portugal, 80 anos
90 textos (5500 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:21)
zezinha