Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às vezes no silêncio!

Às vezes a vida é assim
Recusamos um beijo na mão
Que é dado por carinho
Simplesmente dizemos que não
E sem perceber a razão
Estamos a perder
Parte do coração

Às vezes impomos barreiras
Criamos um muro de gelo
E não deixamos que nos batam à porta
Para com agrado dizermos
Avança eu deixo-te entrar
Bem vindo sejas meu amigo
Por esse abraço me vires dar

Por isso às vezes sem nos apercebermos
Perdemos aqueles que de tão perto
Julgamos fazerem parte de nós
E que por negligência deixamos de proteger
De acarinhar e abraçar
De dizer: “Eu estou aqui!”

Às vezes tudo o que precisamos
É desse ombro fraterno
Desse carinho de irmão
De alguém que nos afague os cabelos
E nos diga sem pressão
Não estás sozinha!
Eu estou aqui
E contigo estarei para te ajudar

Às vezes basta alguém
Que nos diga exactamente isso
Abre o teu coração!
Respira fundo
Tens alguém que torce por Ti
Esquece o resto
Fica perto de quem gosta de Ti

Às vezes eu tenho de agradecer
Por não ter as dezenas ou as centenas
Mas por ter esses poucos
Que valem tanto
Porque me dizem as coisas
Que talvez eu precise de ouvir
Para seguir em frente
Para ser feliz!
Sonya
Enviado por Sonya em 17/09/2006
Reeditado em 30/07/2008
Código do texto: T242179

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:52)
Sonya