Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PARADIGMA DA RAINHA BORBOLETA

A ti, a minha mais doce borboleta, flor princesa imensa, querida Amiga:

                O PARADIGMA DA RAINHA BORBOLETA
Há algo
Que me guia
A escrita
A par com a minha imaginação
E de certa forma
Me completa
Explicado
N’

O paradigma da Rainha Borboleta

Porque se o que crio
Para o futuro
Poderá
Ter alguma utilidade
Mas não para mim
Tal apenas
Alimenta
A minha curiosidade
Sobre o que “poderá ser”
Mas não
Sobre o meu crer
A minha crença
De coisas sensíveis
E bonitas
Algo que encontrei
Em ti
E no teu imaginário
Cheio de sentires
E sensações
Nos quais
Minha linda
Acredita
Que me revejo
Que me trás paz
Pois não é
Necessário
Tecer as linhas desse futuro longínquo
Destino que por cá me traz
Porque é contigo
E naquilo
Que és
E que representas
Que de alguma forma
Estou em paz
E por isso
E por outras coisas
Que ambos sabemos
Que tu vales
E valerás sempre a pena
Breve explicação
Para os outros
Que fiz neste

Paradigma da Rainha Borboleta

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 17/09/2006
Código do texto: T242394

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:44)
Miguel Patrício Gomes