Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHO-DE-MOCHO

A ti, a minha mais adorada borboleta, flor princesa imensa, mais profundo amor, maior Amiga, porque vales todas as batalhas nas quais me possa envolver por ti

                   OLHO-DE-MOCHO

No qual tento ver
Através do escuro
Onde estás metida
Pela simples razão
Que me preocupo contigo
Que tens aqui
Um fiel escudeiro
Inamovível pessoa amiga

Olho-de-mocho

Que penetra
Nessa escuridão
Te dá apoio
Te dá
A minha mão

Olho-de-mocho

Para que a aceites
Com candura
Ela trás poemas
Atrás de si
E uma infinita doçura

Olho-de-mocho

Na tentativa
Não sei se vã
Para que voltemos
A comunicar
Porque
Penso
O sítio certo
É o local
Onde juntos
(Na suave amizade
Que já nos chegou a caracterizar
Um do outro)
Possamos estar
Em palavras bondosas
Que já chegámos a trocar
De forma
A ocupar
O vazio
As trevas
Que enchem
Agora
Esse belo lugar

Olho-de-mocho…
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 19/09/2006
Código do texto: T243899

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:11)
Miguel Patrício Gomes