Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIA-SACRA DA IMENSIDÃO

A ti, a minha mais adorada borboleta, flor princesa imensa, mais profundo amor, maior Amiga, porque vales todas as batalhas nas quais me possa envolver por ti
                       VIA-SACRA DA IMENSIDÃO
                          (versão de 2006)
Ouve bem
O bater do meu coração
Procuro subir
Ao monte onde estás
É a minha

Via-sacra da imensidão

A cruz
Do teu silêncio
Carrega o peso da tua dor
E também a minha
As forças quase me faltam
E não tenho ninguém a meu redor
Na

Via-sacra da imensidão

Homem de pouca fé
Ou quase nenhuma
Acredito nos sentimentos
E que nestes
Tudo de bom perdura
Porque acredito
Que no fim
Do teu silêncio
Virá a redenção
As lágrimas
Que não consigo
Deitar agora
(por estar demasiado triste)
Serão de bênção
Porque ambos
Conseguimos
Curar as feridas
E ganhar um pouco do céu
E nessa altura
Talvez o meu sonho
Também possa ser o teu
Imagens de ambos felizes
A rir-mos
Perdidamente
De histórias antigas
Porque se no passado houve o amargo
O futuro
Estará cheio de alegrias
De pessoas amigas
Acabando então

A Via-sacra da Imensidão
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 20/09/2006
Código do texto: T244651

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5079 textos (170381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:42)
Miguel Patrício Gomes