Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dilúvio de Amor

Chove nesta terra
Um dilúvio de lágrimas
Talvez uma lavagem de tristezas
Um saudade que se arrasta
Pelas ruas molhadas e agora lavadas
Desta cidade que me é estranha

Chove nesta terra
E eu tenho o rosto molhado
Porque a chuva me toma
E me envolve na sua água gelada
Fazendo o corpo tremer
Compondo uma pauta de pingos

Chove nesta terra
Tal como caminha o meu coração
Num poço de sensações
De controversas ilusões
Que num devaneio absurdo e meigo
Me consome de ausência

Chove nesta terra
E aí? Choverá?
E dentro do teu coração?
Que cores terá o teu sol?
Que desejos ocultos manténs escondidos?
Será que ficarás ai e eu aqui
Longe de conhecermos um final feliz

Chove nesta terra
Chove no meu peito
Queria o teu beijo
Longe ou perto
Doce ou ausente
De preferência presente

Chove nesta terra
Mas não nestes versos
Porque aqui o sol brilha
Timido e envergonhado
Dorido e atrapalhado
Tentando afastar as nuvens

Chove nesta terra
Sonya
Enviado por Sonya em 21/09/2006
Reeditado em 30/07/2008
Código do texto: T245413

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:51)
Sonya