CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

DECLARAÇÃO DE AMOR A UMA AMIGA

DECLARAÇÃO A AMIGA

És minha amiga querida
De outras eras, a preferida
Pelos deuses, a escolhida
De outro modo não posso explicar
Meus íntimos segredos a te confiar
Recônditos desejos a compartilhar
Por mais que pareçam vulgar
Nunca, jamais a julgar
Simplesmente a aconselhar
De tua mente bendita
Transversos em linda escrita
Nossa cumplicidade a resguardar
Tens em mim teus segredos
Trancados às chaves da alma
Que trago no coração
Por diversos caminhos seguirão
Prometo, não tenhas mêdo
Feche os olhos com a certeza
Segure firme em minhas mãos
Te conduzirei com firmeza
Caminharemos juntos, mesmo a ver
Aos olhos dos passantes, aos que vão
Nossa cumplicidade, a saber
Irmãzinhas de tempos idos
Reencontro de almas, sem se tocar
Dizendo sem se falar
Quase o verbo sem usar
Fazendo juz aos sentidos
Todos eles a explorar
Nunca nos vimos nesta esfera
Somos irmãs de outras eras
Mas sentimentos podemos trocar
Este o fator geográfico não pode impedir
Assim como o meu desejar
Tuas lágrimas o meu beijo sentir
Ou então fazer transmutar
Em taça de vinho, a sorver
Se ainda não puder ser
Sinta levado pelos ventos
Minha voz, pelos teus pensamentos
Traduzindo meus sentimentos
A te dizer, rosa a enfeitar
Que tuas lágrimas ao verter a dor
Fertilizará os campos a seguir
Dos muitos corações resequidos de amor
Que seguem atrás de ti
Na esperança do jardim a florir
Verão as flores e hão de dizer:-
Eis que por aquí andou singela
De entre as flores, a mais bela
Encantando corações a sorrir
E, eu colherei de teu amor
A mais perfumada e bela flor
Para ofertar-te com um beijo

DIANA LIMA/ITANHAÉM/SP, 25/09/03, 8;00 a.m.

Sob lei dos direitos autorais n. 9.610 de 19/02/1998
Diana Lima
Enviado por Diana Lima em 15/06/2005
Código do texto: T24705

Comentários

Sobre a autora
Diana Lima
Santo André - São Paulo - Brasil
151 textos (50155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/14 02:31)