Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COISAS TUAS

A ti, doce borboleta, para que sorrias


Um poema feito por ti
É a prenda
Mais bela
A que eu possa aspirar
Pois as tuas palavras
São um doce enorme
Para o meu paladar

Uma palavra tua
No meio dum milhão
É voz
Que se nota
E me aquece
O coração

Um gesto teu
Que até pode ser
À distância
Para mim
Tem uma enorme
E doce
Importância

Um sorriso
Um gracejar
Vindo da tua pessoa
É um espectáculo
Que assisto deliciado
E aplaudo
Porque vem de ti
Pessoa terna
Pessoa boa

Uma borboleta
Que saia de ti
É como um arco-íris
Num dia de chuva
As nuvens podem lá estar
Mas a beleza das 7 cores
Supera tudo
E finalmente
A minha alma sorri
Por ter
Uma Amiga como tu
Que acompanho alegremente
Nas estradas do infinito
És todo o ouro do mundo
Pelo que eu velo
Deliciosa
E ternamente
Porque em ti
Todo o bem perdura
E é por isso que eu gosto
De coisas
Que para ti podem ser pequenas
Mas que para mim são grandes
Essas

Coisas Tuas

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 19/10/2006
Código do texto: T268394

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:52)
Miguel Patrício Gomes