Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Éramos amigos.

Há um questionamento sóbrio,
Sobres os passos e os destinos,
Todos percorridos...

É triste perceber que aquele que te conhece,
Não conhece a si,
Julga-te de maneira aberta,
E de maneira covarde se fecha a julgamentos alheios,

Cospe tantas verdades falsas,
Açoita seus medos de maneira subversiva,
E te derruba de maneira questionável,
Mesmo sem haver uma questão em si,

Chega ao ponto em que tudo o que é talento, confunde-se com plagio...
E o maior questionamento gira em torno do que é verdade,
E a verdade que é tão sem tempero torna-se uma fantasia com muito sal,

O mal do homem é viver em vão os momentos cheios de verdades,
Transformando em fantasia momentos que trazem saudade.
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 22/10/2006
Reeditado em 31/10/2006
Código do texto: T270545
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:04)
Leo Magno Mauricio