Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
POLIANDRIA

Se o amor do mundo permitisse
Teria em minha cama todos os poetas.
Amaria a todos
Com um só coração.
Com meu coração que bate, e
Bate descompassado
De amor em um só dó maior.
Arranharia minha garganta,
Que sufoca as notas musicais,
Musos cais.
Amaria a todos
Então minha solidão iria para longe,
Assim como foram ao vento
A dor do Fernando,
A amargura de João,
A incerteza de Gustav,
A cica de Carlos,
A ferrugem de Chico,
A dúvida de Flores,
A argila de Auguste.
Com amor mulher amaria todos
Assim, seria, eu, fragmentada e inteira
Ao amar meus Musos e
Deles ter meus poemas.
Divina Reis Jatobá
Enviado por Divina Reis Jatobá em 01/11/2006
Reeditado em 07/07/2008
Código do texto: T279455

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divina Reis Jatobá
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
289 textos (39970 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:44)
Divina Reis Jatobá