Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


O Poeta Azul

Vê, vão saindo aos milhares!
Os sonhos
Do intimo de nossas almas
São como estrelas num céu de porcelana
Envolvidos por um véu de afetos.

Vê, que o vinho vindo de ti...
Vem me tirar de mim
E assim,
Livre
Voando por um céu de sonhos
Sou um poeta azul
Sou o maior trem do mundo
E em cada um dos milhares
De vagões que tenho
Transporto-te totalmente
Pois em mim além de mim
Muito outros eu carrego.
ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 27/11/2006
Código do texto: T303120

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:38)
ULISSES de ABREU