Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poeta e o amigo



Não existe intempérie que não passe,
na alma do poeta que chora em versos,
as lágrimas da paixão sentida,
na catarse da sua singela pena.

Assim como não existe a amizade,
se não houver o amigo que chore junto,
que ouça os desabafos e afague a mão,
e que tudo faça para o sorriso aflorar.

Contudo não se espere que sempre sejam,
as intempéries a fazer gritar o poeta,
senão a sua alma que precisa ser ouvida.

Assim como nem sempre o bom amigo,
estará fortalecido e com tempo certo,
para estender as mãos e nos dar guarida.

Santos, SP
28/11/06




Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 29/11/2006
Código do texto: T304406
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:37)
Guida Linhares

Site do Escritor