Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pode Chamar. Eu irei!

Quando triste estiver,
e ao seu lado ninguém houver:
Pode chamar. Eu irei!
Se dentro da noite escura,
precisar de quem, com brandura,
possa pegar sua mão
e guiá-lo na escuridão:
Pode chamar. Seu guia serei!
Tendo vontade de sorrir
e da tristeza fugir:
Pode chamar. Sorrir lhe farei!
Se quiser estórias ouvir,
como criança e depois dormir:
Pode chamar. Estórias encontrarei!
Dentro da noite acordado,
com negócios preocupado,
ou por sonhos maus, sonhado:
Pode chamar. Com você ficarei!
Se o cansaço chegar
e de alguém precisar,
para seu ânimo levantar:
Pode chamar. Seu arrimo serei!
Pela estrada da vida
se uma lágrima sentida,
rolar, em sua face vencida:
Pode chamar. Esta lágrima secarei!
Quando em meio a amargura,
necessitar de ternura:
Pode chamar. Ternura lhe darei!
Sentindo o coração ferido,
pelo amor, não correspondido:
Pode chamar. Sua ferida tratarei!
E se quiser algum dia,
conhecer toda a alegria,
de um amor que alivia,
todas as dores qual magia:
Pode chamar. Este amor lhe entregarei!
Se quiser comigo ficar,
deste imenso amor desfrutar
e num paraíso morar:
Pode chamar. Seu paraíso serei!

Daize Dorça, 21/07/1980.
Daize
Enviado por Daize em 25/07/2005
Reeditado em 25/07/2005
Código do texto: T37521
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daize
São Paulo - São Paulo - Brasil, 76 anos
55 textos (3837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:20)
Daize