Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

dias de chuva

Hoje está chovendo,
Está, um dia triste úmido e frio.
Olho á rua, nada vejo.
As vidraças embaçadas,
Impedem-me, de ver lá fora.
Ouço os pingos da chuva.
No telhado, e nas vidraças.
Passo a mão nos vidros.
E consigo ver a rua, triste e vazia.
Ninguém saiu para rua.
Jornaleiro e padeiro, sumiram.
TV, fora do ar nada para fazer.
Fui para o sofá, e lá fiquei.
Era domingo, não tinha aonde ir.
Adormeci e sonhei...
Que o dia estava lindo, o sol brilhava.
Lá no meio do céu, era um convite.
Para um passeio no parque.
Encontrar crianças, e adultos.
Alimentado os pombos, com pipocas.
Ouvir os bate-papos, as novidades.
Acordei olhei a rua ainda chovia.
A rua continuava triste, eu estava triste.
Minha janela continuava embaçada.
Lá fora estava deserto.
Somente o som da chuva, no telhado.
Aumentando meu tédio, sai para rua.
Fui visitar meus amigos, os encontrei reunidos.
Receberam-me com alegria, então percebi.
O quanto é gostoso ter amigos, em, dias de chuva.

                                          Volnei R. Braga

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 14/08/2005
Código do texto: T42551
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:38)
Volnei Rijo Braga