Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Eterno Amigo

Hoje parei pra pensar
As estradas que vivo a percorrer
Quantas flores lindas e perfumadas
Quantos espinhos e pedras
Que precisam serem ultrapassadas.
Quando penso estar só
Lá está você.

Quando pareço estar sozinho
Abandonado a beira do caminho
Percebo que só a ti que tenho
Pois, em qual encruzilhada perdido esteja
Mesmo sem rumo, sem direção
Ali comigo sinto sua mão.

Quando minhas asas estão machucadas
Preso na tristeza e angustia
É você quem lá está pra me consolar
E meus sentimentos curar.
Fazer com que meus olhos
Por outros ângulos possa enxergar
Perdendo o medo e me fazendo voar.

Tu és minha lucidez
Faz-me enxergar minha pequenez
E minha grandeza para Ti
És o mais precioso tesouro meu
Como também sou o seu.

 

Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 30/08/2007
Reeditado em 30/08/2007
Código do texto: T630041
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
5325 textos (1244311 leituras)
5 e-livros (11903 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:23)
Ataíde Lemos

Site do Escritor