Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chore quando quiser

Chore, se quiser!
Não se envergonhe se acaso sentir dor...
Chore, grite e acredite
que não há a desdita ou destino...
Só existe um desatino que passa,
mesmo que demore!
Por isso, chore!
Sorria...
Porque só é feliz quem sabe o gosto da lágrima
e ainda assim consegue sorrir...
Seja feliz!
Em datas festivas, ou não...
Abra seu coração e faça a festa
mais profunda e interior...
Celebre-se no próprio amor!
O presente é o que conta
no fim das contas...

Feliz dia de renascer!
Feliz hoje, feliz amanhã...
O ontem? Esse já passou!
Não conta mais, senão como lembrança
da criança que espera renascer em você!

O mundo é imperfeito, eu sei...
E ninguém deveria sentir dor, mas é assim
e só precisa de um pouco de amor...

O resto?
O resto não conta, no fim das contas...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 28/10/2005
Código do texto: T64456
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:08)
Poeteiro