Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
FAZER RIR

"A dor me fere certeira,
se o vejo sem alegria.
Então busco a brincadeira,
invento uma estripulia."



Ressoando de doer,
resulta em pouca alegria.
Ah! se eu soubesse fazer
uma boa estripulia!
Algo, assim, pra então mandar
a dor pra longe. Fazia.
Quem sabe imitar palhaço:
um cabelo bem vermelho,
a cara em estardalhaço,
pondo caretas no espelho.

Ri sempre e ri melhor quem,
como o palhaço, entende
a vida. E sabe que tem
o sorriso, que transcende
a dor. A lágrima resta,
assim, a fonte do riso.
Quanto mais a dor lhe cresta,
mais rigoroso e preciso,
seu esforço na alegria,
que aos outros ele irradia.

Mas pra não morrer de tédio,
algo mais além do riso,
é preciso. Sem leveza,
fica a vida sem remédio.
Há que haver delicadeza,
pra chegar ao paraíso.
Se você quer chegar lá,
dê um passo adiante. Vá
até o coração, e creia
nessa "chama que incendeia."

Com certeza, então vai rir,
do riso mais cristalino.
Deixar o riso fluir,
como quando era menino.
Rir mesmo sem ter motivo,
a qualquer hora do dia.
Resultado positivo,
da confiança que cria,
encontrar na amizade,
compreensão e liberdade!

nilzaazzi.blogspot.com.br
Nilza Azzi
Enviado por Nilza Azzi em 24/09/2007
Reeditado em 16/02/2016
Código do texto: T666044
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor Nilza Azzi ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilza Azzi
Campinas - São Paulo - Brasil
2225 textos (388026 leituras)
27 áudios (1214 audições)
4 e-livros (385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:49)
Nilza Azzi