Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAINDO E LEVANTANDO

SE não posso chorar
Eu tenho que sorrir
Para sorrir...
Tenho que fingir.

Não sei fingir...
Também não posso apagar
Esta dor em meu peito
Que não quer passar.

As vezes me sinto perdida
Me sinto encurralada
Não quero atacar...
Mas vivo sendo atacada.

Não posso me acovardar
Também não posso me anular
Se a vida é guerra!
Eu tenho que lutar.

Não nasci para fraquejar
Detesto magoar!
Mas fui tão magoada
Uma voz me faz gritar...

Eu quero justiça.
Eu quero liberdade
Eu quero paz...
Eu quero igualdade.

Se errei quero pagar
Mas não sou surda e posso escutar.
A voz de minha consiencia
Manda eu reclamar...

Reclamar meus direitos
Tirar do meu peito a dor
E acreditar no amor.
Buscar a felicidade...
Ser uma mulher de verdade.

O mundo é dos fortes
Puros de sentimento!
Percorro caminhos procurando
Ser eu: Sem nenhum ressentimento.




thalya santos
Enviado por thalya santos em 15/10/2007
Reeditado em 29/09/2009
Código do texto: T694880

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
thalya santos
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 66 anos
387 textos (18622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 05:07)
thalya santos