Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À MINHA AMIGA RITA


Quando a Rita sumiu
Parei até de escrever...
Pra quê? Se ela não viu
Se ela nem vai ler...

Voltando a me observar
Olha só quanta ironia?
Num transbordar de alegria
A Rita veio me visitar.

Hoje até que enfim decidi!
Volto a escrever besteira!
Quem sabe se ela me vê e sorri?

Com ela sorrindo tudo fica bem
Sorrindo ela encanta a ribeira
A Bahia inteira e meu verso também.
O FEIO
Enviado por O FEIO em 28/10/2007
Código do texto: T713791

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O FEIO
Juazeiro - Bahia - Brasil
243 textos (8521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 10:43)