Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU AMIGO SNAKE


Ainda me lembro
do pequeno cãozinho
que chegou indefeso
como bebê esperado
lindo filhotinho
de pastor alemão
correndo e latindo
foi logo se exibindo
balançando o rabo
e mordendo a minha mão

Por muito tempo
indo e vindo
correndo e latindo
o Snake, a casa vigiava
pois mesmo adulto
audaz e resoluto
ao ver alguém da família
com muita alegria
logo corria, e o rabo balançava.

De constituição robusta
dentadura forte
orelhas pontudas
pelagem preta e  cinza-amarelada
o Snake, cresceu com a gente
como verdadeiro cão de guarda.

O legal
é que eu falava com ele
e ele falava comigo
eu, com palavras
e ele, com latidos.

E foi assim
que o Snake e eu
nos comunicamos
e por muitos anos
fomos amigos
ele, ouviu meus segredos
e eu, ouvi seus latidos.

Faz tempo
que ele se foi
e que deixou nossas vidas
levando consigo os segredos
as fantasias e medos
e a lembrança de suas latidas.

(Para CRIS e LILI)

Autor: Aurélio Patrão  17/11/07
Aurélio Enes Patrão
Enviado por Aurélio Enes Patrão em 17/11/2007
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T741040
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Enes Patrão
Brasília - Distrito Federal - Brasil
767 textos (58141 leituras)
15 e-livros (3927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 23:58)
Aurélio Enes Patrão