Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ECO DO SILÊNCIO

Chove lá fora
Ou talvez não
Chove em mim
E eu ouço o som
Dessa chuva
E não sei se me gosto de sentir assim
Ouvindo

O eco do silêncio

Em monólogos
Virtuosamente
Transmutados em diálogos
Que ocupam uma eternidade
Fazendo o som
Que fazem as estrelas
Quando choram de saudade
Sendo o seu cântico lúgubre

O eco do silêncio

Por vezes
Subo à minha mais alta montanha
Ao cimo
E experimento
Algo vislumbrar
A cor
Que fazem as vozes
Quando do fundo delas
Nada se pode esperar
A não ser
Uma verborreia
Silenciosa
Que se percebe
Em pequenos sentidos
Em pequenos enormes gestos
Que a mim
Um cego destas artes
Me dizem
Que não estás comigo

E de repente
Apetece-me acrescentar mais uma coisa
Nesta demanda pelo impossível:
Como será a cor do silêncio?
Os amantes tristes
Pintam-na de negro
Os desiludidos
De cinza
E os crentes eternos
Da cor mais bonita
Que ainda está por criar
Pois será a cor
Que essa profissão de imensa fé
Irá gerar…
Eu…
Pela minha parte
Pinto-a
Com as cores da minha imaginação
Sendo cada poema
Cada verso
Cada texto
Uma cor
Que misturo na minha imensidão
De ser quem sou
E de gostar
Daquilo que vejo ao espelho
Com defeitos infinitos
E com algumas rugas
Que me indicam
Que a cada dia que passa
Estou cada vez mais velho
E talvez mais sábio
Por crer no Invisível
E também no amor
Mesmo que este
Tantas e tantas vezes não me seja acessível
E assim…andando e fazendo por andar
Vou falando
E às vezes
Lá calha gritar
Para preencher o teu vazio
Que bastas vezes parece que não aguento
Mas aguento…
Para evitar esse som horrível:

O eco do silêncio
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 25/11/2007
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T752440

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5148 textos (173443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:43)
Miguel Patrício Gomes