Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABRAÇO

Abraço

Agora não sinto dor
Não vejo se não
O passado que eu criei
Em vista do que sou agora
Nesse caminho que viajei

Vejo luzes que me orientam
Deixando as sombras e sobras
Do que sofri e que não mais me acalentam
Pois sou o que faço pro meu bem
Sou o bom fruto das minhas obras

Eu me sinto tão bem
Eu quero que você também veja
Na sua compreensão
Na sua compleição
Quem você seja

Não falo de uma única visão
Falo de seu ser
Diferente ou não
No seu sentir
Falo com seu coração

O caminho que descobri
Não é mais só meu
Esta contigo
Esta com todos
O agora ocorreu

E o que tão forte faço
Não é uma utopia
Ah, como é grande minha euforia
Em dizer que te amo
E te dou meu terno e profundo
Abraço
 
 
Aluísio Bórden
Enviado por Aluísio Bórden em 01/12/2007
Código do texto: T760273

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluísio Bórden
Teresina - Piauí - Brasil, 43 anos
232 textos (10603 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:15)