Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao meu Amigo André Duarte

Finalmente me deu inspiração,
Para escrever uma poesia,
De coração,
Para o meu amigo André Duarte.

O meu amigo André Duarte,
É um adulto-criança,
E não dá a mínima importância,
Para a tristeza,
Se perguntar a ele se tá tudo certo,
Ele responde: - Tudo Beleza!-
Sempre assim,
E com muita simpatia,
Transforma um ambiente pesado,
Em risadas e alegria,
Sempre, brincando com todos,
Zoando com tudo,
Vive rindo,
E por pior que a situação esteja,
Fala sorrindo,
-Não há quem não veja-
Ele é impossível,
E não é pouco,
Dizer que ele é louco,
Mas tudo bem,
Todo mundo é assim,
Sempre feliz e alegre,
Sempre fazendo arte!, pois é
Esse é o meu amigo André Duarte.

Allan Tancredo
Enviado por Allan Tancredo em 05/12/2007
Código do texto: T765840

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Allan Tancredo
Cubatão - São Paulo - Brasil, 27 anos
36 textos (3620 leituras)
1 e-livros (119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:18)
Allan Tancredo