Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER QUEM SOU

Fosse eu uma criança,
Daquelas de sorrisos rasgados
E joelhos esfolados…
Fosse eu adolescente,
Das que perseguem a vida
Aventureira destemida…
Fosse eu jovem adulta,
De sonhos apaixonados
E futuros projectados…

Não teria, do tempo, as marcas
Tesouros das minhas arcas
Safra do meu passado.
Curvo-me a esta verdade
De cumprir a outra metade,
Desse futuro inacabado…

E se temo o que está por vir,
Sei que posso construir
Na vida um grande bem.
Aprender e prosseguir!
A alegria? … Essa vai e vem
Mas só um saber me sustém:
Convosco, sigo a sorrir!

Digo-vos o que hoje sou…
Camadas que o tempo amassou,
E a memória estratificou!

Fraqueja-me a garganta,
E as palavras deram-me um nó,
Que disfarço com sorrisos…
O vosso carinho é o que me encanta
Pois hoje, aqui… não estou só!
Obrigada, meus amigos!!!
PCS
Enviado por PCS em 05/12/2007
Reeditado em 07/12/2007
Código do texto: T766269

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
PCS
Portugal, 49 anos
30 textos (1229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:45)
PCS