Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passarinho

Hoje o passarinho se calou... não quer mais voar.

Um dia cantou... brincou... ele voava
com as asas abertas... e com muito esplendor
encantou quem o via... divulgou a alegria
agora bem fraco e sofrendo com a dor
está hoje abatido.... com muita apatia.

O canto embargado as asas feridas
foi um vôo que foi feito... um vôo de primícias
mas com pedras na mira... foi atingido em seguida
foi tirado o vigor... foi tirado a alegria
no seu canto uma rima... no seu canto um verso
vivendo o inverso por este grande reverso.

Hoje está em repouso... em um canto parado
o tratamento é difícil... não pode haver falhas
todo cuidado ainda é pouco... não pode haver traumas.

Passarinho... passarinho.... estou ao seu lado
conte sempre comigo.... quero ser seu amigo
apesar da volta difícil... ficam sempre as marcas
seja sempre singelo.... não mostre as garras.

Pode até ser dolorido.... não é diferente
é uma questão de escolha.... não tem precedente
a paisagem é tão linda... o céu está tão limpo
bate as asas passarinho... bate as asas sem demora
comece logo o seu vôo... o tempo é este a hora é agora.

Cante passarinho... encante com o seu canto
voe... passarinho... deixe de lado este pranto
viva... passarinho ... ainda resta a esperança
seja livre... passarinho... quem voa alto algo alcança.

Passarinho... não desista de cantar... não desista de voar.

Teotonio Oliveira
Enviado por Teotonio Oliveira em 22/12/2005
Código do texto: T89392
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teotonio Oliveira
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 45 anos
43 textos (3196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:38)
Teotonio Oliveira