Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0564 - Último pedido


 
Já não ouço as músicas de quando estava no céu,
meu vôo parou no meio de uma tempestade,
quero descer e recomeçar, ir onde sei caminhar,
não quero implorar, não tenho tanto para sonhar.
 
Preciso de um amor que cuide das beiradas,
deixa minhas asas junto às suas,
venha antes da noite para cama, para meu sono,
unidos podemos ir mais além e acordar paixão.
 
Minhas janelas continuam abertas de frente para o céu,
as luzes brilham, não tão fortes esta noite,
os sentidos um pouco distantes, não tanto, estão em você,
é um vôo simples, um olhar, uma palavra de carinho.
 
Não quero a liberdade de me sentir sozinho neste amor,
pouco importam os gritos ao redor do meu corpo,
quero aprender outra vez, amar e sonhar, um e outro,
destes meus desejos quero apenas um: amar!
 
Esta noite voltarei às minhas andanças sem destino,
mudarei de caminho a cada beijo ou depois de fazer amor,
não quero todos os sempre sem você,
se a fuga é inevitável, o silêncio matará os sentimentos.
 
18/01/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 18/01/2006
Código do texto: T100382
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:20)
Caio Lucas