Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM SOL TRISTE

Um sol tristonho
Me invade...
Me consome...
Me destrói...
 
Faz em mim um ser solitário
Na medida sólida
Onde cada passo contado
Abre mais essa ferida.
 
Como uma força que dilacera
Meu peito fragilizado
Minhas entranhas não suportam
Se consumando a lenta perda.
 
E no ponto máximo
Do amor verdadeiro
Que nunca mais tornará
Por ver essa chama...
 
Entre pedras vou me esforçando
Para sentar bem no topo
Contemplando ao longe
O fulgor que me chega.
 
Um sol tristonho
Me invade...
Me consome...
Me destrói...
 
Julio Alves Filho
Enviado por Julio Alves Filho em 18/01/2006
Código do texto: T100549

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Alves Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Alves Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
233 textos (13519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:51)
Julio Alves Filho