Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Querida Amiga , a ti um tributo

TRIBUTO AO ANJO PROTETOR
                EM:07.abr.1999 às 08:20:00



Vivo anjo que muitas vezes devolveu meu sorriso
Iluminou meus sombrios e insensatos pensamentos
Valorizando meu incrédulo ser
Indagando as causas do meu amplo sofrer
Anjo protetor ...
Nunca abdique de seu coração maravilhoso
Essência que esclarece almejos , antes vistos como impossíveis

Dom de tornar feliz um entristecido peito
Encontro em ti a sabia razão que me liberta da escuridão

Maravilhosa alma sorridente ...
Onda que jamais mergulha em inútil ilusão
Raramente transparece o semblante triste ...
Anjo protetor ...
Espero ser sempre amigo ... algo ...
Sendo que é evidente que alegras meu viver ...

Bons conselhos consegue fornecer ...
Odeio muitas vezes não ser apto a segui-los
Revelou-se serena em equilibrar este insano poeta
Gesto caprichoso que inundou com felicidade este triste coração
Expõe-me em falar mas não devo confundir sentimentos
Sendo minh’alma capaz de absorver complexas sensações que atraem emoções
Danilo Vasconcelos
Enviado por Danilo Vasconcelos em 19/01/2006
Reeditado em 27/06/2012
Código do texto: T100973
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (DANILO VASCONCELOS www.recantodasletras.com.br/autores/danivasconcelos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danilo Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
188 textos (11227 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:17)
Danilo Vasconcelos