Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor de Poeta

O amor de poeta é tão igual ao seu amor,
Na verdade todos os amores são iguais,
Como todas as mães são iguais,
Nosso coração é que tem o endereço diferente,
O amor de poeta não é melhor nem pior que os outros,
Talvez seja sofrido pelo platonismo das paixões
Pela sensibilidade de enxergar por outros olhos
Os da alma,
O amor de poeta tem pitadas amargas de saudade,
Incendiárias de desejo, doces como o amor, delicadas como o carinho...
O amor de poeta é tão amor quanto o seu amor,
É só você se deixar levar por ele
E não querer dominá-lo
No amor não há domínio, há pactos...
Afinal essa poetisa aqui tem um desafio pra você:
Experimente as pitadas dos sentimentos mais diferentes que você pode sentir,
Acrescente ao amor que você vive
Se deixe levar pelas vontades, loucuras, esqueça as certezas...
Perca da lembrança o que é perfeição,
Esqueça as convicções,
Seja exatamente você...
E permita que o outro seja exatamente o que ele é...
Não formule conceitos,
Não busque resultados,
Exatidões no amor não acontece...
Dessa forma você pode estar vivendo um amor de poeta,
Tido nos livros e contos e vividos por nós simples escritores e viventes de amores, que deles nada esperam, apenas vive-los...

Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 07/04/2005
Código do texto: T10131
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:17)
Priscilia Nascimento