Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FIEL COMPANHEIRO:

Fiel companheiro:


Será, que tens a coragem, de ir tão longe assim.
Diga você mesma, para que eu possa, acreditar.
Pois até agora, eu não sei, o que queres da vida.
Só, sei o que dizes por ai, que, falas mal de mim.

Eu posso, até não te amar, mas sou verdadeiro.
Minha vida, tu conheces jamais te escondi algo.
Então, porque razão tens dito, que, sou um erro.
Quando, na verdade fui, o seu fiel companheiro.

Você diz que me ama, mas, me fala de liberdade.
Se nada eu fiz, ou faço, para que, te sintas presa.
Minha casa é aberta, a quem vem, ou a quem vai.

Pois, não te quero, presa a mim, que, sejas livre.
Podes até voar, tens o céu, a terra e não serei eu.
Quem vai impedir, que tu encontres, a felicidade.







Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 21/01/2006
Código do texto: T101697
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:59)
Volnei Rijo Braga