Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mujer...Mulher...

                                                                                                                    Mujer...

Hoy he descubierto

contigo lo maravilloso

de ser mujer.

Velada nocturna.
 
Canto de amor

Colmaron  mi lecho

con precipitación

haciendo florecer mi piel...

así como florecen los ríos

cuando comienza a llover.

Encuentro candente

abordo mi cuerpo
 
y en un fugaz momento

mi alma se embriagó de luz

y mi cuerpo de pasión.

Hoy pudiera contarle

al viento que te ame

sin pretexto... y

aunque dure el hechizo

de un fugaz momento,

preciso de usted para

volver a renacer.

No se de donde vino

este amor  que para

mi se ha convertido en locura...

pero  si amarte es pecado...

déjame seguir pecando,

en la tibieza de ese mar

que no dejo de amar.

© Noris Roberts
 

 Mulher...


Hoje descobri

contigo o maravilhoso

de ser mulher.

Velada noturna.

Canto de amor

Colmaram meu leito

com precipitação

fazendo florescer minha pele...

bem como florescem os rios

quando começa a chover.

Encontro incandescente

abordo meu corpo

e num fugaz momento

minha alma se *embriagó de luz

e meu corpo de paixão.

Hoje pudesse contar-lhe

ao vento que te ame

sem pretexto... e

ainda que dure o feitiço

de um fugaz momento,

preciso de você pára

voltar a renascer.

Não se de onde vinho

este amor que pára

meu se converteu em loucura...

mas se amar-te é pecado...

deixa-me seguir pecando,

na indiferença desse mar

que não deixo de amar.
© Noris Roberts
 
Noris Roberts
Enviado por Noris Roberts em 21/01/2006
Código do texto: T102075
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Noris Roberts
Venezuela, 48 anos
135 textos (2622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:15)
Noris Roberts