Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viajante Constante

"Tão longe e tão frio
Distante, lindo e sombrio"

Ao viajar pelo espaço
Cruzando galáxias distantes
O viajante constante
Sempre está a navegar.

Pelos rios de brilhantes
Que as estrelas estão a formar
Pelos oceanos de luzes
Que o sol está a criar.

Planetas distantes e seus cometas
Que passam ao lado para avisar
Que um dia esses pedaços de matéria
Poderá servir de algum lar.

O viajante constante
Que a cada vez mais expande
Seu conhecimento além do luar
Porque seu destino é vagar

Pelas galáxias perdidas
Dando boa noite eterna aos planetas
Aos cometas que estáo a passar
E as luas que passou a visitar.
Rafael Jank
Enviado por Rafael Jank em 21/01/2006
Reeditado em 11/06/2006
Código do texto: T102096

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Jank
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
328 textos (10273 leituras)
3 áudios (83 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:11)
Rafael Jank