Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem me amar...

Sai amada minha, desta distância que nos separa,
usa tuas asas e vem...
Ganhe as estradas,
os céus e vem...
Não importa a tua hora de chegada,
apenas vem...
Minha boca que lhe grita este apelo,
tem em seus lábios pronto o beijo
com o qual brindara tua chegada!
Meus braços meneiam abraços,
abraçando loucamente o vento,
na ânsia louca por abraçá-la!
Meu peito, ah! o meu peito...
Vibra em ter-te a face nele recostada,
vibra por sentir-te nele aninhada,
vibra por desejo...
Desejo de teus lábios, tornados beijos,
tua lingua, faca afiada,
a penetrar-me o corpo profundamente,
a fazer com que minha mente em extase se embaralhe,
ao matar de meu corpo, meus desejos de amar-te!
Vem me amar, amada minha,
pois esta distância e iqual á solidão dos condenados:
Que pagam caro pelos seus erros!

São Paulo 25 de janeiro de 2006
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 25/01/2006
Código do texto: T103578
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173684 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:20)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor